sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

2013

Dois Mil e Treze, mais um ano de mudancas geograficas na minha vida. Um resumao dos acontecimentos:

Janeiro-
Alem de passar a virada do ano no hospital (trabalhando), foi tambem o mes em que comecei mais tres materias pro programa RN to BSN. Foi tambem o mes em que visitamos San Diego e Los Angeles, que me fizeram gostar muito e querer voltar a California.
Fevereiro-
Em fevereiro eu ja estava lotada de provas e trabalhos das aulas que comecaram em janeiro. Foi tambem o mes em que comecei a conhecer mais pessoas legais e finalmente comecar a fazer mais amizades, receber amigos em casa, etc. Foi muito bom, porque eu havia terminado o ano de 2012 carente de amigos/amigas, e finalmente eu conheci pessoas que clicaram, e amizades que eu espero ter pelo resto da minha vida!

Marco-
Provas, trabalhos, hospital sempre lotado...mas pra tornar tudo isso mais facil, Greenwood comecava a florescer. 

Abril-
O mes do meu aniversario e do meu marido. E eu mudei o primeiro digito da minha idade ;)
Abril em Greenwood, Carolina do Sul




Maio-
O marido preparava as malas pra ficar quase 3 meses fora...a primeira vez que ficavamos longe um do outro desde que nos conhecemos. Antes disso fomos para a Florida, relaxar um pouquinho na praia e eu finalmente conheci um dos parques da Disney, o Magic Kingdom.
Clearwater, Florida

Unconditional Surrender em Sarasota, Florida

Junho-
Em junho eu ja estava "morando sozinha". Fui passar um fim de semana em Helen, GA, uma cidadezinha "alema" na regiao montanhosa da Georgia. Passamos um fim de semana bem divertido. Alem do lugar ser uma graca, fiz tirolesa e tubing pela primeira vez! Alem disso recebi a visita de uma amiga muito querida que eu conheci  ha mais de 8 anos numa comunidade no falecido orkut, e foi muito bom finalmente dar um abraco nela. E pra finalizar, depois de 7 anos e meio morando nos EUA, recebi a cidadania americana, ufa!
Tirolesa em Helen, GA
Helen, Georgia
Dia da Cerimonia da Cidadania com o cartao de permanencia que entreguei quando recebia  cidadania.
Julho-
Em julho em me matriculei em duas aulas, uma de matematica e outra de enfermagem com estagio obrigatorio. Adicione a isso o trabalho a noite, e os estadios durante o dia. Cansada era apelido. O mes terminou, tirei boas notas e me senti aliviada.

Agosto-
Em agosto meu marido voltou de viagem, nos mudamos pra Hickory NC, e dois dias depois da mudanca eu parti pro Brasil pra passar duas semanas com minha familia
     Foi tao bom, e passou tao rapido!
Pao-de-queijo do vozinho e cafe da vozinha. Nao tem igual!


Setembro-
Em setembro ela chegou! Ela que e de setembro. Eu sempre disse pra ela que ela era a flor mais bonita que nasceu em setembro, e mesmo aqui nao sendo primavera em setembro, foi nesse mes que ela chegou, e eu fiquei feliz como a gente fica quando o mundo "renasce" na primavera. Pela primeira em oito anos, recebi minha irma em casa, muita felicidade descreve! Levamos ela pra conhecer esse pedacinho de paraiso da foto abaixo.
Outubro-
Fui pra Quebec, e fiquei la do dia 22 ao dia 31. Minha cunhada ganhou bebe dia 23, e eu fui pra ajudar principalmente a cuidar do sobrinho mais velho, de 3 aninhos. Overdose de fofura, meus dois sobrinhos (filhos do irmao do marido) sao fofos demais! De quebra me apaixonei por Quebec City que e uma cidade linda e charmosa! Vontade de voltar e de explorar outras partes do Canada.
Quebec City, Canada
Novembro-
Em novembro, poucos dias depois de chegar de Quebec, eu dirigi pra Maryland para passar uns dias com minha irma que esta morando la em um intercambio de estudo/trabalho. Passeamos por Baltimore e Washington DC, mas a melhor parte mesmo foi poder passar mais uns dias dando risadas ate perder o folego, e conversando de madrugada ate cairmos no sono, como nos velhos tempos. Alem disso, novembro e o mes de Acao de Gracas que passamos com amigos novos que fizemos aqui.
Baltimore, MD

Washington DC

Dezembro-
E entao chegou o ultimo mes de 2013. Comecei dezembro em um verdadeiro inferno astral. Felizmente, nao ha mal que dure pra sempre.


...Moving forward, o mes das musiquinhas de natal foi tambem o mes em que finalmente comecei a trabalhar. Dessa vez Home Health, algo bem diferente de tudo que ja fiz, e que ate agora tem sido super interessante. Alem disso, pra terminar com chave de ouro, recebi a visita da minha irma e de uma querida amiga sul-coreana que estava morando em Washington e voltou agora pra Coreia do Sul. Os feriados foram otimos, e pela primeira vez em anos eu estava de folga tanto no dia do natal quanto no ano novo. Mudar o ano pode nao mudar nada, mas gosto do conceito de ciclos, novas chances, renovacao, afinal, o que e o tempo senao a nossa definicao de tempo?

2014 comecou melhor do que 2013 terminou pra mim, e o que desejo e um ano cheio de sucesso, realizacoes, saude fisica, mental e emocional pra todos nos!

14 comentários:

Jane disse...

Que ano intenso!!!
Que 2014 seja assim do jeito que você desejou e que vc tenha mts alegrias, minha querida amiga!!!

Fernanda disse...

Obrigada, Janoca! Amem!

Daiane Miranda disse...

olá fernanda que bom que conheci seu blog muito bom e muitas coisas me foram uteis nele.
preciso de sua ajuda, meu marido se forma agora aki no brasil em enfermagem para o mês faz a festa. então já conhecemos a america ele muito mais pois ia e vinha pra trabalhar aí com contruçao trabalho de peão mesmo rsrs ficava só o tempo do visto de turista e vinha, mas depois da crise nunca mais conseguiu o que ganhava e desistiu; fui aí em 2008 gravida e tive minha filha aí ela possue dupla cidadania e o pouco tempo q fiquei me apaixonei e desde então só penso em voltar, pra mim hj oq mais me importa aí não é dinheiro em si já q pensou q com pouco ou muito se vive bem mas preciso inserir minha filha a sua cultura e educação meus filhos precisam disso a menina tem 5 e o menino 8 queria muito estar morando na america. então se puder me explicar pra que eu passe para meu marido por que pra mim ficou dificil entender tantas provas e exames rsss, me explica o é nessario pra poder atuar como enfermeiro aí, sei q terá q levar todos os historicos escolares diploma cursos etc mas o ingles influente é mesmo necessario? vi q tem uma prova q é mais da metade sobre ingles e o pouco sobre enfermagem, oq ele deve cursar antes de tentar o emprego? quias exames provas testes fará? me fale sobre esse colegio community no que vc puder me ajudar agradeço desde já bjus Daiane!

Fernanda disse...

Oi Daiane, eu escrevi dois textos bem detalhados sobre a prova necessaria pra conseguir a licensa de enfermagem aqui nos EUA, que chama-se NClex. Pra nao precisar repetir tudo aqui, ou mesmo colar o texto, vou te passar dois links, um com explicacoes de como a prova funciona e outro sobre como foi minha experiencia. Espero que ajude, um abraco!

http://fernandams.blogspot.com/2010/07/nclex-como-funciona.html

http://fernandams.blogspot.com/2010/07/minha-experiencia-com-o-nclex.html

fotos disse...

Olá fernanda,tem como fazer um post comentando como enfermeiros do brasil podem trabalhar nos eua? Há chance para eles,se vale apena,custo,ect.. Desculpe ter que pedir nesse seu blog,é que o outro o ultimo post foi em junho de 2013.

Fernanda disse...

Oi Fotos,

Nao tem problema, e faz tempo que eu nao escrevo no outro blog, mas recebo notificacao se tem algum comentario, mas pode comentar aqui tambem. Infelizmente, eu nao posso te ajudar com essas duvidas. Eu estudei aqui nos EUA, vim com um visto diferente do visto de trabalho, e por isso nao sei responder como e o que fazer pra vir pra ca trabalhar como enfermeir@. Quanto a se vale a pena, isso depende muito das suas expectativas e objetivos. Custo de vida depende muito de onde morar nos EUA. Eu realmente nao posso responder se compensa (seria financeiramente?) vir aqui e trabalhar como enfermeir@, pois isso eh uma decisao de cada um, de como vai viver aqui, de quanto tempo quer ficar, etc. Perdao, mas sao perguntas para as quais nao tenho resposta.

fotos disse...

Você fez o curso de nurse numa community college certo? O preço hoje do curso ai,varia de quanto de estado pra estado?Sabe quanto está hoje no seu estado e em outros estados que voce tenha saiba?

Quero muito fazer enfermagem,mais no brasil é 4 e é uma dor de cabeça enorme para ser aceito ai,sem falar de testes e mais testes.

Fernanda disse...

Oi Fotos,

Sim, eu fiz o curso em uma community college, e nesse momento estou completando o bachelor em uma universidade. O pro em primeiro tirar um Associate Degree num community college e que as aulas sao mais baratas (bem mais baratas) e em 3 anos eu ja estava com minha licensa e trabalhando. Esse site mostra os precos do community college onde estudei:
http://www.pccua.edu/ccsse/..%5C/pdf%20files/Tuition%20%20Fees%206-13.pdf
No caso hj em dia e acho que aumentou um pouco o preco, mas nao tenho certeza, e $960 por semestre se voce for estudante full-time (o que seria 15 credit hours, lembrando que a maioria das aulas tem entre 3-4 credit hours), entao seria mais ou menos 4-5 materias por semestre, e residente do estado. Se voce for considerado estudante internacional os precos sao mais caros, acredito que em qualquer college or university. Esse community college eh no Arkansas. Olhei o preco do community college proximo de onde moro agora, na Carolina do Norte, e o preco esta aqui pra voce comparar:
http://www.cvcc.edu/Student_Services/Business_Office/Tuition_Fees.cfm%20

Eu nao sei te falar exatamente o preco do curso todo, e nao sei se tem materias que voce pode validar, mas suponha que voce comece do zero aqui, voce faria, pra um Associate em Nursing, aproximadamente 72 credit hours, entao olhando o preco de cada credit hour, da pra ter uma ideia, e inclua algumas taxinhas extras, mas o valor mais alto mesmo seria do total de credit hours.

fotos disse...

Obrigado pelas respostas e pelos links.

Como um estrangeiro,com a degree da community college eu posso procurar um sponsor e ele pode me dar o H1B?(Após ser RN,claro)

E por falar nisso,não li sobre sua historia(caso tenha postado,pois não vi,me perdoe,cheguei a pouco tempo no seu blog),seria melhor fazer no brasil por 4 anos,gastar com a tradução do diploma ai,exames RN e outros para nurses internacionais,TOELF e cia e mais advogados para ajudar no greencard?li que nurse com degree de 4 anos não obtem o H1B,só greencard que pode ser dado entre 6~10 anos.

Fernanda disse...

Oi Fotos, you're welcome :)

Eu creio que tendo a licensa e conseguindo um sponsor, eh sim possivel pegar o visto de trabalho. Meu marido terminou o doutorado (em outra area, nao e enfermagem) em 2011, e mudou o visto de estudante para de trabalho (o empregador que fez a peticao). O que aconteceu (pelo menos no estado onde moravamos) eh que o empregador teve que "provar" que nao existia um cidadao americano que pudesse preencher a vaga.

Quanto ao que voce leu sobre nurse nao pegar o H1B, mas esperar pelo greencard, entao a espera seria no Brasil? Eu nao sabia disso.
Quanto a estudar la ou aqui, eu penso que se a intencao for trabalhar e morar aqui, seria mais facil estudar aqui ao inves de estudar no Brasil e mexer com toda a papelada de traducao e validacao, mas por outro lado, se a pessoa vier pra ca, estudar e quiser voltar para o Brasil, ou nao conseguir visto para ficar, nao sei se seria ainda mais dificil traduzir o diploma americano para o Brasil.





fotos disse...

Como uma residente(ou cidadã,rs) americana,você sabe me dizer quais as profissões que estão em falta nos eua?

Tirando,Nurses,dentistas,fisioterapeutas e médicos? Os links que já vi são antigos sobre esse assunto.

Fernanda disse...

Coisas relacionadas a computacao, matematica. Alem disso, professores de fundamental e ensino medio (mais ainda em areas como matematica). Tambem onheci alguns estrangeiros que trabalhavam com educacao para criancas com necessidades especiais no pais natal e receberam o visto de trabalho para trabalhar nessa area.

fotos disse...

Obrigado pelas informações e me desculpe se te fiz perder tempo ou lhe incomodei,já entrei em vários grupos no facebook de brasileiros de vários estados americanos,ninguem responde,ninguem informa,são brasileiros bem racistas contra outros brasileiros imigrantes,ta muito comum isso,os brasileiros estão pegando o lado negativo de alguns americanos.

Fernanda disse...

De nada, Fotos, espero que tenha te ajudado. Eu nao sei se isso seria "racismo" contra outros brasileiros. Nem todos tem disposicao e nem informacoes pra perguntas imigratorias. As pessoas podem ter vindo com tipo de vistos diferentes, ou ate mesmo sem vistos,e portanto nao significa que alguem esteja aqui que entenda tudo sobre vistos, empregos e assim por diante. Abracos e boa sorte!